Imprimir esta página
Quarta, 30 Junho 2021 17:32

CIAB 2021: "Pix cai no gosto do brasileiro: onde ele vai chegar?"

Avalie este item
(0 votos)

O CIAB FEBRABAN/2021 discutiu em um de seus painéis o recém chegado meio de Pagamento Instantâneo, o Pix.

Na palestra realizada virtualmente, "Pix cai no gosto do brasileiro: onde ele vai chegar?", o diretor de Organização do Sistema Financeiro e de Resolução do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello, apresentou alguns dados recentes para mostrar como os brasileiros aderiram ao Pix desde seu lançamento, em novembro de 2020.

Segundo as pesquisas do Banco Central, datadas do fim de maio de 2021, mais de 254 milhões de chaves foram registradas para uso do sistema de pagamentos instantâneo e cerca de 2 bilhões de transações tinham sido efetuadas até então.

João Manoel Pinho afirmou que a taxa de crescimento médio mensal de uso do PIX entre pessoas e negócios (P2B) é de 53% e que em janeiro a plataforma já havia superado o TED e DOC em quantidade de transações realizadas.

A principal justificativa para tamanho crescimento e resultado, segundo o representante do Banco Central, é o fato do Pix ser uma plataforma multiuso, na qual pode-se pagar e receber nas mais diversas situações, além de ter menor custo e ser mais rápida.

Agenda evolutiva do PIX
João Manoel Pinho apresentou também o cronograma do Banco Central, eles preveem uma série de mudanças que serão implementadas até o fim de 2021 e para 2022. Entre as mais inovadoras estão o que vai se chamar Agendamento Pix Cobrança, que se assemelha à funcionalidade dos boletos, mas com as facilidades e comodidades do Pix.

Para o quarto trimestre deste ano está prevista a implementação do Pix Offline (Pagador Offline ou Duplo Offline). Esta é uma funcionalidade, que segundo João Manoel, será um instrumento de inclusão e um facilitador de pagamento, já que permitirá o pagar e o receber sem sinal de internet ou consumo do pacote de dados dos usuários.

O Mecanismo Especial de Devolução será lançado até o fim do ano e promete ser um importante instrumento antifraude. Para 2022, duas mudanças virão para incrementar o sistema, o Pix Garantido, que vai permitir que o consumidor faça compras parceladas e garantir o pagamento ao vendedor na data certa e o Pix Débito Automático, com o qual será possível programar pagamentos de contas.

Pix e a experiência do usuário no e-commerce
A head de inovação em Pagamentos do Mercado Livre e Mercado Pago, Elaine Shimoda, falou sobre a experiência de compra dos usuários no Mercado Livre, uma empresa, que segundo Elaine, vem incentivando amplamente o uso do Pix como forma de pagamento.

A representante do e-commerce disse que o Pix, desde seu lançamento, vem oferecendo uma melhor experiência de compra ao consumidor, principalmente por oferecer mais facilidade e agilidade.

Além disso, Elaine conta que "o Pix está rapidamente substituindo o método de pagamento por boleto". No mês de junho, 55% dos clientes do Mercado Livre utilizavam o Pix para pagar suas compras on-line, de acordo com pesquisa feita pela empresa.

Segundo a representante do Mercado Livre, é uma vantagem para o próprio e-commerce que os cliente utilizem o método de pagamento instantâneo, porque assim é possível acelerar os serviços, já que não é preciso mais esperar pela compensação para enviar os produtos para o cliente.

Tecnologia e segurança
O diretor dos Arquitetos de Solução para a Red Hat América Latina, Boris Kuszka, falou sobre como é prover tecnologia para um sistema tão inovador como o Pix. Ele explicou como é fundamental a adoção de uma cultura ágil para além das mudanças no processo, pois a abertura à participação de todos é que cria um ambiente colaborativo capaz de entregar o necessário para o mercado e para o cliente final.

Bóris garantiu que os clientes do Pix podem ficar tranquilos, pois o sistema oferece toda segurança necessária. Ele lembra que segurança depende de processos e que para isso, dispõe de uma equipe disponível 7/24, que avalia toda e qualquer vulnerabilidade existente e há uma análise preditiva feita através de machine learning para garantir estabilidade e solidez no serviço.

O representante da Red Hat afirma que o Pix é um verdadeiro marco. Esse sistema é um símbolo de como os serviços financeiros podem evoluir, trazendo inovação e segurança, casados com tecnologia.

 

Assista a palestra na íntegra, no site da Noomis. 

 

Ler 204 vezes Última modificação em Quarta, 30 Junho 2021 19:04